código de barras |

Você sabe o que significa o código de barras?

Todos os produtos que você compra possuem um número de identificação único, com informações sobre a cor, sabor, data de fabricação e outras características: é o chamado código de barras. Esse número, representado

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Todos os produtos que você compra possuem um número de identificação único, com informações sobre a cor, sabor, data de fabricação e outras características: é o chamado código de barras. Esse número, representado graficamente pelas famosas linhas pretas e brancas, é uma espécie de RG, criado na década de 70 por empreendedores do setor de supermercados (incluindo um funcionário da IBM, George Laurer) para facilitar a integração entre as entradas e saídas do caixa, controlar o estoque e, ainda, aumentar a produtividade e reduzir os custos (e a burocracia!) de um negócio.

Tipos de Códigos de Barras

Os códigos de barras utilizam o sistema binário, e cada traço preto ou branco representa uma quantidade de números e informações. Entre os tipos de códigos mais usados, estão:

Código UPC
Os códigos de barras UPC-A (e sua variação, o UPC-E) são comuns no setor varejista dos Estados Unidos e Canadá. Ele contém 12 dígitos, que representam o tipo de produto, o código do fabricante, as características do produto e, por último, um código de verificação.

Código EAN
Esse é o tipo de código de barras mais comum no Brasil e na Europa. As três primeiras linhas do código, mais compridas, indicam o país em que o produto foi cadastrado e, para cada lugar, existe uma combinação diferente. A segunda sequência mostra a identificação da empresa fabricante e, na terceira, as barras trazem as informações do produto em si – tipo, tamanho, quantidade, peso e embalagem. O último número é um dígito verificador, que confirma a leitura das informações e envolve um cálculo complexo de soma, divisão e multiplicação.

Existem, ainda outros códigos especiais voltados à logística, como o ITF-14 ou DUN-14, formado por 14 dígitos e usado para informar quantidades em caixas e outras formas de armazenamento; e o GS1-128, que codifica informações de rastreabilidade complementares ao código do produto.

E como posso obter o meu Código de Barras?

Primeiro, você precisa escolher o sistema mais adequado para o seu negócio e, junto à GS1, emitir e certificar o seu código. Contudo, é necessário pagar uma taxa anual pelo uso do código, o que pode sair caro para pequenos empreendedores.

Uma alternativa é comprar o código de barras com um revendedor, mas você deve conferir se esse código é autêntico e adquirido através da GS1. Invista sempre em um código de barras certificado, para evitar prejuízos no futuro e garantir que aquele número pertence apenas ao seu produto.