como vender durante a crise financeira |

Sim, o país está em crise (e isso pode ser bom para você)

Tire proveito dessa crise financeira e faça com que a sua loja virtual venda ainda mais 😉 No noticiário da TV, na sua timeline do Facebook e nas matérias do seu jornal favorito o

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Tire proveito dessa crise financeira e faça com que a sua loja virtual venda ainda mais 😉

No noticiário da TV, na sua timeline do Facebook e nas matérias do seu jornal favorito o assunto é o mesmo: o Brasil está passando por uma crise econômica.

Essa notícia, em geral, pode deixar a maioria de nós bastante chateado e preocupado, afinal, o que exatamente vai acontecer agora? Porém, pesquisas demonstram que quem tem lojas virtuais pode tirar algum proveito dessa situação.

Coloque-se no lugar do consumidor: se você estivesse precisando conter os gastos, mas apresentando a necessidade de comprar alguma coisa, o que faria? Grande parte das pessoas sentaria na frente do computador (ou sacaria o smartphone do bolso), entraria no querido Google e procuraria informações na internet antes de sair para gastar seu precioso dinheirinho.

Isso acontece porque, ao ir nos centros comerciais, a vontade de gastar com coisas desnecessárias fala mais alto, e os compradores não podem se dar a esse luxo no momento. Além disso, pela internet, é possível comparar preços e não cair na besteira de comprar um item que esteja mais caro do que deveria.

Esse comportamento é um fato, e desde 2014 o acesso a lojas virtuais aumentou em 200% só nos celulares e tablets! São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná são alguns dos estados que mais compram online.

Em tempos de crise os consumidores preferem comprar pela internet para evitar os gastos com locomoção até o estabelecimento e também as filas e o trânsito, que, querendo ou não, aumentam o valor final do produto. Além disso, de acordo com o Jornal do Brasil, 58% das compras online foram feitas depois que os interessados jogaram o produto que queriam no Google para saber mais informações.

E é aí que mora o segredo do lojista esperto. Caprichando nas descrições, trazendo todas as informações necessárias e convincentes, e tendo um preço competitivo é possível fazer com que o consumidor compre com você em vez de ir até uma loja física de rua ou do shopping.

Quem aqui está enxergando uma oportunidade em meio à crise? o//

Fonte: (1)