|

Quer ganhar dinheiro? Então venda para os jovens! Entenda:

A pesquisa Radar Jovem 2015 trouxe uma série de dados interessantes que podem te inspirar no seu e-commerce Uma coisa é fato: em geral, os jovens estão muito mais propensos a aderir a

Keslen Deléo

Keslen Deléo

A pesquisa Radar Jovem 2015 trouxe uma série de dados interessantes que podem te inspirar no seu e-commerce

Uma coisa é fato: em geral, os jovens estão muito mais propensos a aderir a uma moda do que as pessoas mais velhas. Eles são mais abertos ao novo, são conectados e ousados. Além disso, também gostam de consumir e têm hábitos muito característicos quando o assunto é “comprar”.

Por conta desses aspectos, uma série de empresas de pesquisa e tendências focam seus esforços especialmente nos jovens. A B2 é uma delas, que nos últimos dias divulgou uma pesquisa superlegal chamada Radar Jovem 2015. O material demonstra quais são os hábitos de consumo dos jovens (e, sim, as compras através do e-commerce estão lá!).

A pesquisa abrangeu o público jovem entre 18 e 29 anos. Se você cruzar os dados das classes mais consumistas (que fazem de uma a três compras por mês) com o local onde elas fazem compras, vai perceber que o e-commerce fica em segundo lugar, com 30% de preferência, dividundo a posição com liquidações e lojas de departamento.

Um outro dado interessante mostrado pela pesquisa é que o público jovem é responsável por mais da metade da movimentação de grana no país (57%, para ser mais exato), e tem um poder de compra de cerca de R$32 bilhões por ano.

A pesquisa também mostra quais são as preferências de compra (seja por impulso ou com planejamento), a frequência com que elas são feitas, quais as fontes de renda do público…

Pensa com a gente: os jovens são uma fatia da população muito interessante. Se você ainda está fazendo alguns ajustes no seu e-commerce e não tem um público alvo definido, foque neles!

Preste atenção nos dados a seguir e mande ver! =D

Confira quais são os hábitos de consumo dos jovens:

perfil consumo jovens

perfil consumo jovens2