|

Quem são os novos vendedores em tempos de lojas virtuais?

Uma equipe de vendas pode ir muito além daquela na sua loja. Saiba como usar automatizações, influenciadores e assistentes virtuais a favor do seu negócio.

Redação

Redação

Uma das principais vantagens de se abrir uma loja virtual é a possibilidade do seu cliente poder realizar as compras sozinho, sem a necessidade de um vendedor por perto.

A ideia da vitrine é apresentar as opções de produtos ou serviços disponíveis da maneira mais completa possível para que o seu cliente se sinta seguro daquilo que está escolhendo e a partir daí, realize a compra. Inclusive, já demos várias dicas sobre como melhorar as descrições dos seus produtos aqui e até mesmo como caprichar nas fotos aqui.

Porém, isso não significa que o seu cliente precise fazer tudo sozinho. Com a facilidade da internet, os vendedores estão ganhando novas formas e é importante que os donos do negócio estejam atentos a essa transformação para abraçarem essas tendências e continuarem prestando um excelente serviço aos clientes.

Hoje, trouxemos algumas opções de funcionalidades que atuam como vendedores virtuais e que podem ser colocadas em prática rapidamente para melhorar suas vendas:

1) Chats de atendimento automatizado

Se você tem o costume de visitar lojas virtuais, certamente já se deparou com uma janelinha de chat que se abre, geralmente no canto inferior direito da tela, com uma mensagem de boas-vindas, certo?

Essa pequena funcionalidade já é suficiente para o cliente se sentir amparado em caso de qualquer dúvida durante a navegação.

E funciona ainda melhor se você deixar a ferramenta pré-programada com respostas para as principais dúvidas. Desta forma, você ganha não apenas em agilidade - o que faz com que o cliente tenha menos chance de abandonar o carrinho e sair da sua loja -, como também em custo, afinal, o atendimento automatizado economiza horas de um funcionário que precisaria estar ali respondendo às questões dos clientes. Configurar essa ferramenta é o tipo de investimento inicial que faz você economizar muito tempo e dinheiro lá na frente.

E para quem não conhece nenhuma ferramenta desse tipo, fica a dica: a minestore fechou recentemente uma parceria com a JivoChat, que proporciona essa integração para a sua loja virtual sem qualquer custo adicional e de forma muito prática.

Com a JivoChat, você consegue centralizar os contatos com o cliente - seja via chat, telefone, e-mail ou redes sociais - dentro de um único aplicativo, que também monitora os visitantes da loja em tempo real, configura convites proativos (ou seja, dispara mensagens automáticas) e configura respostas prontas, além de outras inúmeras funcionalidades que tornam a sua gestão de clientes muito mais fácil e organizada. Para saber mais benefícios desta aplicação clique aqui.

2) Influenciadores externos

Vendedor bom é aquele que fala com confiança do produto que está vendendo. E quer confiança maior do que a palavra daqueles que usam o seu produto efetivamente?

Os influenciadores, ou seja, personalidades que usam o poder de influência em suas comunidades digitais já vêm ganhando notoriedade há algum tempo, justamente pelo seu papel decisor nas vendas de muitos produtos e serviços.

E as marcas, percebendo essa importância, começaram a contratar os serviços dessas pessoas para que elas falassem bem dos seus produtos, o que levou a uma certa queda na credibilidade dessa tão falada influência.

Mas a verdade é que, quando um trabalho com influenciadores é feito de maneira correta, os resultados são visíveis e sua marca ganha um valor imenso só por ter o respaldo de alguém que já possui relevância dentro de um público no qual você deseja se inserir.

Já demos dicas sobre como trabalhar com influenciadores aqui, mas não custa nada relembrar os princípios dessa relação: seja transparente e busque pessoas que tenham real interesse na sua marca.

Muitas vezes, procurar micro influenciadores com números menores mas com mais engajamento com o público que você deseja atingir pode ser muito mais interessante do que contratar aquele influenciador com milhões de seguidores que só irá fazer uma divulgação para cumprir um combinado.

3) Automatizações e recomendações

Sabe aquele vendedor que é campeão em aumentar o ticket médio das vendas? Geralmente essa pessoa consegue sacar de primeira qual é o estilo do cliente e é capaz de oferecer o produto certo antes mesmo dele dizer o que precisa ou ainda, a partir do primeiro item que ele ou ela escolhe olhar na vitrine.

Esses vendedores são raros pois trabalham com empatia. Se colocam no lugar do cliente e são capazes de oferecer o produto certo na hora certa, estimulando a compra inicial de um prospect que muitas vezes estava só olhando.

Felizmente, a tecnologia tem se aperfeiçoado cada vez mais para poder simular essa empatia baseada nos interesses que o usuário demonstra durante a navegação nas lojas virtuais.

Você certamente já deve ter visto, ao entrar em uma loja virtual, uma vitrine apenas com os produtos mais vendidos na loja, certo? Essa simples pré-seleção de produtos já serve como uma poderosa recomendação para aqueles que entraram ali indecisos, sem saber o que escolher.

Essas recomendações funcionam, pois trabalham baseadas na confiança. Ou seja, se aqueles produtos em destaque são os mais vendidos, é porque outras pessoas já deram um voto de confiança naqueles modelos específicos.

E quem atesta essa estratégia é a Amazon, gigante das vendas online, que já confirmou que mais de 35% das suas vendas são resultados do sistema de recomendação.

Viu como é simples? Então, conte com a minestore para colocar a tecnologia para trabalhar a favor da sua loja e comece hoje mesmo a vender ainda mais! Que tal abrir sua loja virtual com a gente?

blog-18

Que tal abrir uma loja virtual?

Leia também: É possível abrir uma loja virtual em apenas uma semana?

blog-10

Referências:

https://blog.minestore.com.br/5-dicas-para-donos-de-e-commerce-que-querem-trabalhar-com-influenciadores/
https://blog.minestore.com.br/9-motivos-para-comecar-a-usar-chat-no-seu-e-commerce
https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/10-dicas-para-tornar-o-atendimento-um-diferencial-competitivo-de-mercado/
https://ecommercenews.com.br/artigos/dicas-artigos/tenha-um-vendedor-em-sua-loja-virtual/