como vender pela internet |

Qual a hora certa de largar o emprego para começar um novo negócio?

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"\u00c9 muito importante decidir quando dar esse passo \u2013

Keslen Deléo

Keslen Deléo

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"\u00c9 muito importante decidir quando dar esse passo \u2013 e dar esse passo, de verdade!"]">É muito importante decidir quando dar esse passo – e dar esse passo, de verdade!

Se você não curte seu trabalho, largar tudo pra investir seu tempo e dinheiro num negócio só seu pode parecer a saída mais lógica. Mas e quando você tem uma posição estável, um trabalho que te agrada bastante, um salário bom, e ainda assim o bichinho do empreendedorismo fica lá martelando na sua cabeça com aquela ideia incrível pra um novo negócio, o que fazer?

Numa seção do FastCompany em que especialistas respondem a perguntas selecionadas, um cara chamado Kevin perguntou como ele poderia saber qual a hora de largar o emprego (bom) dele para se dedicar a uma ideia de negócio. Lolly Daskal, consultora, fez um guia com várias perguntas e dicas para fazer essa transição. Vê só a resposta dela:

“Kevin,

Sem ter detalhes do tipo de negócio a que você quer se dedicar, é difícil te ajudar com a solução ideal e perfeita para essa situação particular. Mas, em geral, para uma pessoa que está começando um novo negócio e fica pensando se deveria sair de um emprego lucrativo, minha resposta é: não.

Como consultora, eu sempre digo às pessoas para nunca largarem um emprego antes de o negócio novo ser bem-sucedido e lucrativo. Se fizerem isso, podem entrar numa montanha-russa. Eu acredito que você pode usar o seu trabalho atual como um trampolim para o seu empreendimento se fizer algumas boas escolhas.

O melhor que você pode fazer é criar um plano que literalmente financie e crie sua liberdade. Aqui estão algumas dicas básicas para começar:

**Faça  as perguntas certas
**
Faça algumas perguntas a você mesmo pra garantir que você está tomando as decisões corretas e tem certeza do que está criando.

  • Por que eu estou criando um negócio?
  • Que tipo de negócio eu quero?
  • Quem é o meu cliente ideal?
  • Que produtos ou serviços meu negócio vai oferecer?
  • Estou preparado pra investir o tempo e dinheiro necessários pra começar meu trabalho?
  • O que diferencia minha ideia de negócios, meus produtos e serviços dos outros oferecidos no mercado?
  • Onde meu negócio estará localizado?
  • De quantos funcionários vou precisar?
  • Que tipo de fornecedores serão necessários?
  • De quanto dinheiro eu preciso para começar?
  • Vou precisar de um empréstimo?
  • Quanto tempo vai levar até que meus produtos ou serviços estejam disponíveis?
  • Quanto tempo terei que esperar até o negócio começar a render?
  • Quem são meus concorrentes?
  • Como eu farei meus preços de acordo com meus competidores?
  • O que eu preciso, em termos legais, para começar meu negócio?
  • Que impostos terei que pagar?
  • Preciso de algum tipo de seguro?
  • Como vou gerenciar meu negócio?
  • Como vou promover o empreendimento?

Escreva um plano de negócios

Toda iniciativa de sucesso tem um plano de negócios, uma descrição do futuro do seu negócio. É tudo o que você precisa – um documento escrito que descreve o que você pretende fazer e como você pretende fazer isso. Você pode encontrar vários modelos e templates de planos de negócios online.

Vire duas pessoas em uma só

Você mencionou que seu emprego atual é bom. Para ficar onde você está, e ao mesmo tempo perseguir seu próprio negócio, você deve se tornar duas pessoas: uma que é bem-sucedida, trabalha em um emprego legal com pessoas incríveis, e outra que segue um plano bem rigoroso com prazos e planos todo dia para fazer de seu novo empreendimento – o seu plano de liberdade – um sucesso.

Personalize seu tempo

O tempo é um dos seus recursos mais preciosos. Para ganhar energia para seu empreendimento, aprenda a adaptar seu tempo às tarefas com objetivos bem pensados:

  • Específico: saiba exatamente o que você quer realizar.
  • Mensurável: saiba como você vai demonstrar e avaliar a realização do seu objetivo.
  • Alcançável: se adapte, mas não vá além das suas habilidades ou do tempo disponível.
  • Revelante: amarre seu objetivo às suas responsabilidades.
  • Oportuno: estabeleça datas para suas metas e submetas.

Trabalhe pra caramba

Começar um novo negócio não é fácil. Mas trabalhar duro todo dia e dar passos largos (ainda que um de cada vez) vai te deixar bem mais perto de fazer as coisas acontecerem.

Consiga ajuda

Contrate alguém que possa te contar o caminho de onde você está para onde você quer chegar. Se você continuar no seu trabalho, estável, sua folha de pagamento pode te ajudar a bancar um consultor para te dar dicas de como gerenciar seu tempo, fazer um plano de negócios, e te preparar para os altos e baixos do sucesso empreendedor.

Faça uma poupança

Até que você esteja apto a estabelecer uma fonte de renda sólida do seu novo negócio, você não vai querer, realmente, largar seu trabalho. Quando você tem alguns meses de economias guardadas no banco, você pode se sentir mais livre e perder o medo de seguir em frente. Mesmo se as coisas não funcionarem como você desejou, vai sobreviver. Com uma poupança, você pode ser bem mais ousado em suas decisões e correr mais riscos. Além disso, seu trabalho fica bem mais satisfatório quando você sabe que está depositando sua liberdade no banco, mês a mês.

Tenha paciência

Tudo que vale a pena leva um pouco de tempo para acontecer, e paciência, paixão e perseverança são elementos fundamentais para um empreendedor. Quando você tem paciência, pode dar pequenos passos todo dia para melhorar alguma coisa e construir seu novo empreendimento.

Estabeleça uma data

Faça um plano para tornar seu projeto paralelo numa ocupação full-time, e destaque uma data específica em que você quer se demitir no seu calendário. Aí, se motive pra ter seu trabalho o mais pronto possível até essa data.

Tenha em mente que você vai se demitir, mas planeje com muita antecedência todos os passos que vão te levar até lá – de preferência com um negócio já encaminhado. Seja ousado, mas tenha paciência.

E depois, me conta como foi.”