marketing de conteúdo |

Por que marketing de conteúdo tem tudo a ver com seu e-commerce de produtos de beleza?

A produção de conteúdo pode ajudar você a melhorar as vendas e a relação das pessoas com a sua loja.

Redação

Redação

A produção de conteúdo pode ajudar você a melhorar as vendas e a relação das pessoas com a sua loja.

Sites, blogs e perfis nas redes sociais são uma obrigatoriedade para as marcas hoje em dia. É graças a essas plataformas que as pessoas podem conhecer um negócio, dialogar com a empresa e até mesmo se informar sobre as tendências do mercado. Por conta disso, o marketing de conteúdo é importantíssimo para que sua loja construa um relacionamento duradouro com os clientes.

Oferecer conteúdo relevante, seja em uma rede social ou em um blog, mostra que a marca é dinâmica e sabe trabalhar com comunicação. No mercado dos produtos de beleza, o marketing de conteúdo ajuda a empresa a se destacar dos concorrentes e mostra a importância dela nesse ramo. Mas os pontos positivos que a produção do conteúdo traz para o seu e-commerce são bastante variados:

Mostra que a marca sabe do que está falando

Para produzir conteúdo, é preciso entender do assunto, certo? Quando uma marca entende o suficiente sobre o mercado para escrever a respeito, as pessoas passam a enxergar os produtos da mesma maneira que classificam os posts: se o conteúdo é bom, significa que também houve pesquisa e preocupação com a qualidade do que é vendido pela loja.

Destaca sua marca nos mecanismos de busca

Quanto mais você fala sobre o mercado, o que acontece nele e associa sua marca aos termos em evidência sobre o assunto, o número de acessos cresce. Dessa forma, você começa a se destacar em mecanismos de busca como o Google – que considera relevantes os sites ou perfis que produzem conteúdo e conseguem inserir palavras-chaves sobre a marca e o segmento em suas publicações.

Promove interação com o público

Os comentários, compartilhamentos, debates e histórias sobre o conteúdo que você compartilha fazem com que sua marca converse diretamente com o cliente, ajudando a equipe de marketing e vendas (ou você mesmo!) a entender mais sobre o universo da marca e sobre aquilo que o público espera.

Ajuda a entender o perfil do consumidor

Essa interação entre marca e pessoas também resulta no conhecimento de quais são os hábitos, preferências e estilo de quem compra os seus produtos. Você pode descobrir, por exemplo, quais são as fotos, tutoriais ou temas que seus clientes mais gostam e investir nisso.

Fideliza os clientes

Se você costuma criar conteúdo relevante com frequência, é bem possível que os consumidores transformem o acesso ao site em um hábito, para buscar novidades sobre os temas que você aborda e, consequentemente, conhecer mais sobre seus produtos.

Ensina mais sobre o produto

O seu produto tem uma forma de aplicação específica? Pode ser usado para diferentes fins? Nasceu de uma história curiosa? Invista em conteúdo a respeito dele, para aumentar a curiosidade das pessoas, trazer novas opções de uso e, até, conquistar alguém que não conhecia o seu produto, mas se interessou por algum tutorial em que ele foi o protagonista.

Mas é importante ficar atento: a internet pode tanto ajudar uma empresa quanto prejudicar sua reputação. Virtualmente, as coisas acontecem muito rápido, e é importante deixar os clientes satisfeitos e seguros com a informação que você passa, para que possam interagir positivamente e falar bem da sua marca.

Quer entender melhor como o marketing de conteúdo funciona? Confira algumas marcas que sabem trabalhar muito bem as suas plataformas digitais:

A marca de cosméticos Sephora divulga em seu site vídeos com maquiadores profissionais ensinando o passo a passo de alguma maquiagem ou dando dicas para o dia a dia. Isso influencia o público na hora da compra: ao ouvir quem é expert no assunto, as clientes começam a pesquisar sobre o produto, para conseguir o resultado mostrado nos vídeos.

A L’Oréal, outra grande marca do segmento, investiu no conteúdo do site Makeup.com, uma grande revista virtual. Em vez de apenas divulgar os produtos da marca, a L’Oréal trabalha com fotografias, dicas e tutoriais para quem gosta de maquiagem e quer cuidar da saúde da pele ou dos cabelos. A marca investiu também em contas no Pinterest e Instagram para divulgar esses conteúdos e atingir mais pessoas.

O trabalho feito pela Maybelline New York para engajar seu público resultou em mais de 2 milhões de seguidores no Instagram. Além de comerciais e vídeos de bastidores, a marca trouxe vloggers e blogueiros para dar tutoriais de maquiagem e reforçar a influência da marca na rotina das seguidoras.

E algumas marcas de luxo, como a Burberry, também mostraram que não é preciso fazer tutoriais ou convidar parceiros para movimentar suas redes de conteúdo: a empresa criou uma conta no Twitter chamada @BurberryService, que lida com os problemas dos clientes de forma personalizada. As campanhas da marca também investem em experiências, para desenvolver uma nova forma de conteúdo que não envolve texto ou redes sociais.

Seja com um blog ou contando as visualizações dos seus vídeos, seu e-commerce pode aproveitar a internet para ir além das vendas e se aproximar do cliente. Assim, você transforma a decisão de compra e faz com que o seu produto seja parte do estilo e da rotina de quem constrói de verdade sua marca: as pessoas.