planejamento financeiro |

Planejamento financeiro para sua loja virtual

Veja por que é importante fazer um planejamento financeiro para sua loja virtual e garantir que as finanças sigam em ordem

Sueida Johann

Sueida Johann

Veja por que é importante fazer um planejamento financeiro para sua loja virtual e garantir que as finanças sigam em ordem

Muitos empresários não possuem o dom de cuidar das finanças, e suas empresas acabam sofrendo com isso, pois o dinheiro que entra não é contabilizado corretamente e, no final, o que poderia ser lucro, vira um enorme prejuízo. Então, vamos falar sobre por que é importante fazer um bom planejamento financeiro para a sua loja virtual e garantir que suas finanças sigam em ordem e seu negócio vá em frente.

O planejamento financeiro de uma empresa é fundamental para seu sucesso. Sem dinheiro não tem negócio e sem negócio não tem dinheiro. Planejar como gastar, com o que e para que gastar é importante. Pagar tudo e guardar um pouco é sinônimo de saber cuidar do dinheiro. Veja mais dicas sobre gerenciamento no artigo “Como gerenciar sua loja virtual”.

1. O que é planejamento financeiro?

Trata-se de uma série de ações que ajudam na elaboração de um plano de gastos do dinheiro que você tem disponível. Nem sempre tudo acontece como idealizamos, por isso elaborar metas e ajustes de contas faz parte do planejamento financeiro para a sua empresa.

Pode ser um plano a curto, médio ou longo prazo, de acordo com o que sua empresa precisa. Quer expandir sua loja, com novos produtos para a venda? Então, planeje se pode arcar com os custos antes de já iniciar um movimento de expansão que pode estar além do seu alcance. Levantar antecipadamente informações precisas sobre as possibilidades da sua ideia. Do seu empreendimento. Da sua loja. Todo comerciante deve ser um gerenciador de capital.

Para começar a elaborar um planejamento financeiro, é preciso conhecer o seu negócio. Saber a fundo todos os seus custos e os lucros é essencial para planejar qualquer investimento futuro ou só para colocar as contas em dia.

Não se esqueça que existem impostos, fornecedores, taxas, tarifas, e tudo isso gera gastos e precisa ser pago. Assim como as dívidas, sem elas muitas vezes não é possível crescer, mas é preciso pagar direitinho e, para isso, o planejamento financeiro funciona como um plano de guerra contra a falência.

2. Tenha um orçamento definido

Para começar a planejar as finanças, é legal ter um orçamento definido. Para isso, é interessante observar o histórico de  custos feitos no passado e projetar os custos futuros para trabalhar. Com um valor pré-determinado, fica mais fácil administrar seu dinheiro e não extrapolar o que foi planejado.

A sua loja está localizada num ambiente virtual e precisa igualmente de um olhar financeiro tal como qualquer outra. E mais do que um olhar, precisa de cuidados. Muita gente, na inquietude de se lançar no mundo dos negócios, pensa que tudo o que se recebe é puro lucro. Não. Mais da metade é puro custo.

Também, no começo, tem lojistas que compram mais do que o necessário, fazendo estoques que não serão vendidos. Produtos supérfluos que canalizarão importantes recursos para lugar nenhum. Planejar é preciso, arriscar não.

2.1. Preocupe-se com o Capital de Giro

O Capital de Giro é o dinheiro necessário para você financiar a continuidade das operações da empresa. Ele representa os recursos para financiamento dos clientes (nas vendas a prazo), recursos para manter estoques, recursos para pagamento dos fornecedores (compras de mercadorias), pagamento de impostos, salários e demais custos e despesas operacionais.

Em outras palavras, o Capital de Giro é o valor necessário para você manter o seu negócio em dia. Afinal, toda empresa que vende a prazo precisa de recursos para financiar seus clientes, precisa pagar as peças em estoque, precisa pagar seus fornecedores e pagar as obrigações e despesas devidas.

Dessa forma, saber exatamente a quantia necessária para manter sua operação é fundamental para o futuro da sua loja virtual. Uma loja que gaste mais do que recebe em um determinado intervalo de tempo está destinada a correr em círculos e aumentar a bola de neve, tornando-se insustentável.

3. Use ferramentas financeiras

Para controlar as finanças, vale até usar a velha e boa cadernetinha e anotar tudo o que entra e o que sai…. Já é alguma coisa. Mas é importante ir além, afinal sua loja virtual merece um pouco de esforço da sua parte.

Existem diversas ferramentas financeiras que estão por aí disponíveis para ajudar a todos. Uma das mais básicas é o fluxo de caixa, um demonstrativo contábil que ajuda a entender e visualizar as entradas e saídas do seu rico dinheirinho durante um intervalo de tempo determinado e como todos os recursos financeiros estão sendo utilizados. Assim, é possível ter uma visão mais clara de como a sua loja está em termos financeiros e, principalmente, se o tempo para receber dinheiro permite que você possa ter saldo positivo em relação aos gastos.

Há também vários sites especializados na gestão financeira de empresas que podem ajudar. Por exemplo, o site da Conta Azul traz uma planilha bem completa para um bom planejamento financeiro. Tem a ZeroPaper que também oferece um controle financeiro completo para os empresários.

E, se está difícil fazer tudo sozinho, lembre-se do contador, um profissional pronto para auxiliar no planejamento financeiro da sua loja.

4. Conclusão

Cuidar do seu negócio exige um bom planejamento financeiro e uma boa gestão dos seus recursos. Não tem como fugir. Sem controle dos gastos e do lucro, fica difícil chegar ao sucesso. Saber o que acontece com seu dinheiro, quanto entra e quanto você gasta durante um determinado período  é o básico para administrar sua loja virtual. Fique atento!