e-commerce |

O que é omnichannel? Como ele vai mudar minha loja virtual?

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"Veja tudo sobre esse novo conceito e seu impacto

Keslen Deléo

Keslen Deléo

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"Veja tudo sobre esse novo conceito e seu impacto no varejo online "]">Veja tudo sobre esse novo conceito e seu impacto no varejo online 

É sempre assim com o surgimento de novas tecnologias: tem quem as ignore solenemente, tem quem ache que tudo o que já existe vai desaparecer… e tem os que conseguem utilizar as novas tecnologias, junto com o que existe, para otimizar a experiência humana (por favor, sejamos essas pessoas!).

A noção de OmniChannel, uma coisa que ultrapassa as experiências de CrossChannel e MultiChannel, tem sido muito citada quando se fala de consumidor e varejo. É fato que as pessoas não são mais inocentes quando vão fazer compras: elas têm smartphones, têm acesso à internet e não têm medo de usá-los. O OmniChannel envolve o consumidor pesquisando on-line para depois ir à loja comprar, comprando on-line para retirar na loja física, ou usando o celular para fazer compras. Tudo isso vai muito além da existência de lojas físicas apenas e coloca às marcas e varejistas o desafio de estar em todos os canais de forma integrada.

É preciso aprender a tornar melhor a experiência desses consumidores com a marca: através de um bom relacionamento, principalmente em mídias sociais; permitindo que as informações sobre seus produtos passem do on-line para o off-line com facilidade; e possibilitando, principalmente, que o consumidor tenha autonomia para comparar e escolher o produto que for melhor para ele (daí, tem a responsabilidade de toda marca de oferecer produtos que sirvam bem às pessoas, mas isso é outra história). Além disso, estar em vários canais ao mesmo tempo permite que os vendedores consigam informações importantíssimas sobre as preferências de seus clientes (daí, tem a responsabilidade de usar bem essas informações, mas isso também é outra história).

Utilizar todas as ferramentas tecnológicas contribuindo para a marca e seu posicionamento, da melhor forma possível, traz a necessidade de lojas físicas com pessoal treinado, sistemas que permitam o uso do smartphone para pesquisar e comprar e, principalmente, uma boa solução de e-commerce. Não há mais como escapar disso. Sejamos as pessoas que usam a tecnologia a seu favor; não criando mais problemas, mas otimizando experiências.

(quer saber mais sobre OmniChannel? veja aqui: http://bit.ly/1fniLVY )