ferramentas do google |

O que é Search Console?

Confira o que é Search Console e como ele pode ajudar a sua loja virtual a monitorar e permanecer nos principais resultados da busca do Google

Sueida Johann

Sueida Johann

Confira o que é Search Console e como ele pode ajudar a sua loja virtual a monitorar e permanecer nos principais resultados da busca do Google

O Google possui diversas ferramentas para auxiliar os empresários. Já falamos aqui no blog sobre algumas delas como o Google Analytics, Google Meu Negócio, entre outras. O Search Console é mais um serviço que pode ajudar a sua loja virtual a monitorar como está se saindo e permanecer nos principais resultados da busca do Google, melhorando o desempenho do seu site e, ainda, descobrindo como o mundo o vê.

Essa é uma ferramenta que auxilia diversos profissionais, tanto quem possui uma loja quanto quem é desenvolvedor de aplicativos ou até quem é um consultor de SEO. Com os recursos do serviço, é possível verificar como estão os cliques da pesquisa do Google na sua loja, receber alertas de eventuais erros no site e testar se o Google entende o conteúdo de sua loja.

1. O que é SEO e porque é importante para sua loja?

SEO significa search engine optimization ou otimização para mecanismos de busca. Por “otimização” podemos entender como um conjunto de estratégias para melhorar o posicionamento de um site (como sua loja na minestore 😉) nas páginas dos mecanismos de busca, como a pesquisa do Google.

Esse posicionamento se refere aos resultados “naturais” ou orgânicos, como são mais conhecidos. Quando seu site ou loja (que é, em essência, um site hospedado pela plataforma da minestore) aparece bem nos resultados orgânicos a chance de mais visitantes chegarem nela é muito maior, concorda?

Mas se engana quem pensa que para indexar nas primeiras posições basta seguir regras e checklists mirabolantes. Um SEO bem feito é aquele que segue a cartilha de boas práticas nos buscadores, em que a premissa é produzir um conteúdo de qualidade para o usuário.

É claro, existem alguns procedimentos que facilitam o Google (e, por consequência, as pessoas) a encontrar o seu site. Afinal, se as pessoas pesquisam escrevendo TV e o seu blog aborda o mesmo tema chamando tudo de televisão, certamente a sua página vai aparecer para menos pessoas.

Importante: SEO funciona de verdade. Já investimos muito tempo e recursos nisso na minestore. O problema é que é um trabalho cujos resultados demoram a aparecer. Como os resultados começam pequenos, bem pequenos, é importante monitorar qualquer pequena melhoria, para ir entendendo o que funciona e investir mais tempo e recursos nessa frente. O próprio Google explica que demora pelo menos 4 meses para você sentir diferença no tráfego orgânico via buscador quando o assunto é SEO.

Você deve estar aí se perguntando se tem alternativas. Tem, que é investir em divulgação, ou seja, anúncios. Você pode fazer isso via AdSense ou AdWords do Google, Facebook Ads, Instagram Ads e outros. Uma opção interessante também é o tal de remarketing, que você pode usar para continuar impactando quem já visitou seu site. Se quiser saber mais, conte para nós nos comentários e faremos um artigo sobre isso, combinado?

De qualquer forma, mesmo que invista em anúncios, super recomendamos que você dê uma olhada no Search Console para entender como anda a busca orgânica para sua loja. Digamos que não é uma opção ignorar a busca do Google. Bem, pode até ser uma opção, mas aí você tem que ter uma comunidade de fãs super engajada com sua loja, que você consiga impactar de outra forma (com conteúdo feito especialmente para eles). Se você não tem uma comunidade assim, vai ter que apelar sim para SEO e anúncios. Ou isso ou ninguém vai saber que sua loja existe.

2. Como funciona?

Primeiramente, para usufruir o serviço do Search Console é preciso entrar com o endereço do site da sua loja virtual ou, para quem é desenvolvedor, o aplicativo Android (já publicado na Play Store, que é a loja de aplicativos do Google para Android). E não paga nada!

Não é obrigatório fazer uma inscrição, porém se você deseja obter os relatórios que o serviço oferece, aí sim é preciso inscrever-se.

Depois de informar o seu site, é só ir seguindo as instruções para confirmar a propriedade do site, e isso é muito importante para verificar seus direitos sobre ele. Isso dá segurança, afinal, não seria legal uma pessoa qualquer querer ter controle sobre o seu site.

Periodicamente, o Google vai conferir a validade da propriedade e, caso não seja possível confirmar sua origem, as permissões no Search Console serão canceladas.

Search_Console_-_Página_inicial

3. Mas você sabe se estão localizando sua agulha?

O Search Console ajuda a entender como a pesquisa do Google enxerga seu site, coletando informações das buscas que levam os usuários até ele. Você descobre isso através funcionalidades da ferramenta.

Algumas ferramentas ou seções são essas:

  • Dashboard ou Visão Geral: apresenta um resumão dos dados que o Google tem do seu site ou loja. Vão aparecer coisas sobre como anda a indexação, buscas, etc.;
  • Search Appearance ou Aparência de Pesquisa: como o Google está interpretando cada pedaço da página, como títulos, tags, etc.;
  • Search Traffic ou Tráfego de Pesquisa: o que os usuários estão procurando no Google e o que faz listar sua página. Você vai descobrir aqui se as pessoas estão clicando nos seus links;
  • Google Index ou Índice do Google: como o Google está indexando as páginas do seu site e identificado (ou não) as palavras-chave que você quer;
  • Crawl ou Rastreamento: aqui o Google conta se os robôs que analisam seu site (o tal “crawling” e daí o nome “crawler”, para os robôs) estão tendo algum problema. Por exemplo, os crawlers podem estar tendo problemas em ler uma página ou seção do site;
  • Security Issues ou Problemas de Segurança: nesta seção são listados eventuais problemas de segurança detectados pelo Google em seu site. Se você estiver analisando sua loja na minestore e aparecer qualquer coisa aqui, entre em contato conosco correndo para ajudarmos a resolver, tá? Pode não ser problema com a plataforma, mas algum componente que você adicionou via editor de temas. Na dúvida, não hesite em falar conosco.

Por exemplo, a ferramenta Appearance mostra o que pode ser feito para melhorar a aparência do seu site quando aparecer nos resultados de pesquisa. Em melhorias de HTML, são identificados problemas no rastreamento realizado pelo Google, que pode ser na descrição do site, onde o ideal é entre 50 e 140 caracteres. Títulos duplicados são mostrados.

Em Index vemos se a página (do nosso site ou loja) foi indexada pelo Google. Somente páginas indexadas são considerados pelo motor de pesquisa do Google. Então, se sua página não está indexada, ela não vai aparecer nunquinha nos resultados de busca. Tem a valiação do uso das palavras chaves.

Em Crawl, sabemos se o Google tem problemas para rastrear suas páginas por causa de erros em URLs e coisas do gênero.

Fique atento(a) ao Search Analytics

A tela mais legal do Search Console é a do Search Analytics, dentro do menu Tráfego de Pesquisa, no qual você pode ver quais palavras-chave mais trazem acesso para o seu site e inclusive pode ativar o filtro Posição para saber a sua posição-média no resultado de pesquisa (SERP) daquela pesquisa. Acredite, esse recurso é fundamental.

É por meio dele que você pode estudar quais palavras precisa melhorar o conteúdo, quais são aquelas que estão chegando quase lá e até mesmo as palavras que você deve abandonar. Também é possível filtrar intervalos de tempo específicos, dispositivos móveis, tipos de pesquisa e páginas.

Logo abaixo dele no menu, em Links para seu site é possível observar a quantidade de backlinks apontam para o seu domínio. Ou seja, quantas e quais páginas da internet fazem conexão enviando para a sua loja virtual.  

Quanto mais links você tiver e quanto mais bem posicionadas essas páginas forem, melhor será a leitura do Google sobre a autoridade do seu domínio em relação ao assunto. Portanto, invista um tempo estudando estratégias para gerar mais tráfego orgânico para seu site.

4. Enfim…

Com todos esses recursos de análise, os benefícios que o Search Console traz são de otimizar, corrigir e gerenciar com maior eficiência o seu site para que o Google o destaque nas pesquisas realizadas pelos usuários.

Por exemplo, usando a ferramenta Google Index ou Índice do Google você vai descobrir:

  1. Se o Google está conseguindo indexar seu site/loja;
  2. Se está encontrando as palavras-chave que você quer. Se não está, eis um ponto de “otimização”. Lembra que o “O” de SEO é de otimização? Então, você otimiza quando descobre algo novo, mesmo que seja um problema como o Google não estar achando nas suas páginas as palavras-chave que te interessam.

Utilizar o serviço que o Search Console oferece é mais uma forma de gerenciar a exposição da sua loja virtual, afinal, é importante que ela se destaque e seja cada vez mais vista. É legal aprender a trabalhar com essa ferramenta e usá-la como aliada na busca pela melhor posição possível junto à pesquisa do Google.