Minestore |

mine entrevista: Leandro, da minestore

Saiba como surgiu a minestore nesta entrevista com Leandro, um dos fundadores da plataforma de e-commerce

Sueida Johann

Sueida Johann

Saiba como surgiu a minestore nesta entrevista com Leandro, um dos fundadores da plataforma de e-commerce

A minestore está no mercado desde novembro de 2014 e, desde então, vem ajudando muitos empreendedores desse Brasilzão afora a terem a sua tão sonhada loja virtual.

Para contar um pouquinho da história e do sucesso da minestore, temos essa entrevista mais que especial com o Leandro, um dos fundadores e grande entusiasta desta plataforma de e-commerce.

Ficou curioso?! Então veja abaixo o que o Leandro tem para contar:

1. Qual é a história da minestore?

Posso dizer que é uma história de muito trabalho e dedicação. Tudo começou por volta de 2011, um pouco antes da fundação da ateliware (que, para quem não sabe, é a empresa de software que faz a minestore e outro produtos, como o Pipefy e a Lucy). Começamos trabalhando em um coworking (a Aldeia Coworking, de Curitiba) e encontramos muita gente legal por lá. Umas das pessoas foi o Amilton (daqui para frente o chamarei apenas de Tinho), designer de mão cheia (ele se entitula “pintor de pixel” 😄), que estava às voltas de fundar seu estúdio de design.

Desde a fundação da ateliware, sempre sonhamos em construir nossos próprios produtos. Um belo dia, o Tinho e eu conversamos mais a fundo sobre essa ideia que compartilhávamos há tempos: construir uma solução de e-commerce realmente fácil, que ajudasse lojistas na construção de um negócio online.

Eis que nasceu a minestore, baseada nessas premissas:

  1. Uma plataforma simples como nenhuma outra;
  2. Para resolver a vida de iniciantes no mundo do e-commerce;
  3. Com design lindo, daqueles de encher os olhos e dar vontade de usar o produto de tão bonito.

Foi nesse momento, em 2014, que começamos a trabalhar no embrião do que hoje é a minestore, com mais de 40 mil lojistas do Brasil inteiro e, logo, logo, do resto do mundo.

Como usamos tecnologia proprietária e conseguimos atender um volume muito grande de transações, há pouco tempo lançamos novos planos: trend (a minestore que você já conhece), plus e prime. Em breve falaremos mais a respeito.

Nossa missão é democratizar o acesso ao e-commerce. Por isso nosso foco em soluções simples de usar, mas com um poder de fogo tremendo.

minestore poder de fogo

O nome veio antes do logotipo. É um trocadilho com “my store” (minha loja, em inglês) e “mine” (que significa tanto “mina”, de mineração, quanto “meu”, mas esse em certos contextos). Assim surgiu a ideia de “minha loja” ou “mina de lojas”: minestore.

Em alusão à mina o logotipo é a vista superior de um diamante, estilizada. Aqui está um passo-a-passo do processo de criação do logotipo:

minestore processo de criação do logotipo

E aqui aqui a criação do logotipo completo:

minestore criação do logotipo

Por conta desse trocadilho com o nome é que você vê no logotipo a palavra “mine” em negrito. A ideia é destacar a ligação com a expressão “minha” loja, mas também usar o “mine” para fazer ligação com o diamante do logotipo 😉

3. Uma curiosidade, por que usar minestore em letra minúscula?

Essa é uma chatice minha. Começou com a mania de escrever o nome da ateliware sempre com letras minúsculas. O motivo é prosaico, mas até que interessante: acho que letras minúsculas têm um aspecto mais humilde que maiúsculas. Compare minestore e MINESTORE. Para mim, a opção em maiúsculas parece mais, sei lá, arrogante.

Como ateliware e minestore são nomes próprios, finalmente estou me convencendo que não é problema usar Ateliware e Minestore (MineStore nuncaaa, por favor!), desde que em textos. Nos logotipos sempre em minúsculas 😊

4. Como foi escolhida a cor pink (cor de rosa) para a minestore?

Queríamos uma cor de impacto, até meio berrante (para chamar a atenção mesmo), mas de bom gosto e fora do lugar comum de azul, verde e assim por diante. Acho que todos já trabalham com muitos softwares com azul por aí, não é mesmo?

Fora que o rosa mais forte (magenta ou pink) tem a ver com iniciativa, com começar alguma coisa você mesmo. Dá uma olhadinha lá no nosso artigo sobre psicologia das cores para mais detalhes, tá?

5. Quais os principais desafios que a minestore encontrou e encontra até hoje?

Creio que o maior desafio sempre foi continuar investindo e acreditando no retorno de longo prazo, mas vendo o dinheiro só sair e quase nada entrando.

Para vocês terem uma ideia, não recebemos absolutamente nada pelo apoio que damos para os lojistas começarem a montar suas lojas. Ou pelos artigos que escrevemos (como esse que você está lendo). Sabemos que precisamos fazer esses investimentos para, no futuro, colhermos os frutos.

Entre tantos desafios nesses anos desde a fundação da minestore, acredito que um dos maiores é essa dissonância entre nossos investimentos e o custo fixo ZERO vs. a falta de compromisso de alguns lojistas (felizmente uma minoria). Isso, por vezes, é frustrante.  No nosso suporte (aquele pelo chat lá no admin da loja, pela nossa fanpage do Facebook ou por telefone) vemos lojistas que não estão preparados e querem que façamos tudo por eles, mas isso não é possível.

A boa notícia é que temos um número absurdo de lojistas dando duro e tendo ótimos resultados. Esse é o motivo de continuarmos. E lembrem-se: o que é custo fixo ZERO não sai de graça. É um investimento da minestore (e da ateliware) no seu potencial sucesso.

Estamos aqui para ajudar, mas não podemos fazer todo o trabalho, pois há coisas que competem somente ao próprio lojista. Se você está se estruturando, quer ter sucesso e sabe que vai ter que dar duro para atingir esse sucesso, tenha certeza que estamos prontos para auxiliá-lo!

6. Como você vê o futuro da minestore no mercado de e-commerce?

Como uma plataforma de classe mundial. E mundial. Estamos perseguindo algumas metas no Brasil e, logo logo teremos novidades sobre a expansão da plataforma. Nossa decisão, lá no começo, de construir uma plataforma própria, nos permite atingir uma escala gigantesca (número de lojas, de transações, etc). E essa escala é que nos permite sonhar com planos ainda maiores, com pequenas, médias e grandes lojas rodando em nossa plataforma.

Ainda temos muitos investimentos pela frente, mas continuamos perseguindo nosso sonho. O caminho é longo e difícil, mas ninguém achou que ia ser fácil mesmo 😅

7. Que dicas você daria para quem está pensando em abrir uma loja virtual?

Não basta querer vender, você precisa de um produto que o mercado queira! Então não adianta abrir uma loja na minestore (ou em qualquer outra plataforma) e achar que o produto vai se vender sozinho.

Também esqueça aquela ideia de que abrir uma loja virtual é mais fácil que abrir uma loja física. Não é! Os desafios são diferentes, mas ainda assim são muitos. Não deixe de nos procurar se tiver dúvidas a respeito, tá?

Atenção: sua loja precisa ser vista!

Algo que você NUNCA (mas NUNCA mesmo) pode esquecer é que sua loja precisa ser vista, afinal, “quem é visto é lembrado”. E como fazer uma loja virtual ser vista? Bem, deixem-me usar uma metáfora: se você fosse um chaveiro e abrisse uma pequena loja em algum lugar, concorda que teria que fazer imãs de geladeira para deixar em prédios, panfletos para entregar nas redondezas e assim por diante, certo? Sim, certo.

Então na sua loja virtual você vai ter que fazer o mesmo, mas as ferramentas serão outras:

  1. Use as ferramentas de anúncios nas redes sociais (principalmente no Facebook);
  2. Tenha uma estratégia para trazer tráfego orgânico. Lembre-se que vai dar um trabalhão danado e vai levar um bom tempo para dar resultado, mas você vai ter que fazer;
  3. Seja obsessivo em atender bem os seus clientes. Se tiver problemas (atrasos em entregas, na produção, etc), dê as caras e seja sincero. As pessoas entendem que problemas acontecem, mas ficam indignadas se não sabem o que está rolando e o lojista não se posiciona rapidamente. Esse ponto é fundamental porque o boca a boca ainda é uma das formas mais eficientes de marketing, MESMO no mundo virtual.

Tenho muitas outras dicas para dar, mas vamos deixar um pouco para outros artigos, certo?

8. Deixe algumas palavras para os nossos lojistas da minestore:

Como nossa missão é democratizar o acesso ao e-commerce, sabemos que nossos lojistas precisam de muito apoio. Entenda seu momento e aonde quer chegar. Trace o caminho e comece a correr atrás, mas saiba que vai ter que fazer muitos ajustes de rota. Muitos!

E nada de desistir. Vai ser difícil mesmo, mas a recompensa seria pífia se fosse fácil, fora que muito mais gente estaria no mesmo caminho, não acha?