dicas de ecommerce |

Melhor produto para revender

Veja qual é o melhor produto para revender em sua loja virtual e ganhar dinheiro com marcas e itens que já fazem muito sucesso no mercado.

Sueida Johann

Sueida Johann

Veja qual é o melhor produto para revender em sua loja virtual e ganhar dinheiro com marcas e itens que já fazem muito sucesso no mercado.

Se existem produtos que já possuem um grande apelo com o público e podem gerar um bom dindin, porque não ter uma loja virtual e revendê-los? Veja então qual é o melhor produto para revender em sua loja virtual e ganhar dinheiro com marcas e produtos que já fazem muito sucesso no mercado.

A revenda tem a ver com um produto que já existe e você vai revendê-lo, ou seja, não será um produto próprio da sua loja virtual, nem com a sua marca. Por exemplo, vender produtos da Natura, da Avon, etc. Além dos cosméticos, existe o nicho das roupas e acessórios que é muito rentável. Você pode ter uma loja virtual que venda várias marcas de roupas.

Planejar para funcionar

Para saber o que revender em sua loja virtual, você pode consultar o Google Trends. Ele pode te ajudar a ter ideia de quais produtos estão sendo mais pesquisados no buscador. Já falamos sobre essa ferramenta do Google, dá uma olhadinha em nosso artigo O que é o Google Trends e veja como fazer.

Veja também Ideias para lojas virtuais, este artigo mostra algumas ideias para lojas virtuais que mais se destacam no mundo do e-commerce, seja para revenda ou não.

A revenda de produtos deve apresentar uma solução, não só para sua loja, mas também uma solução para o cliente, que encontra aquele produto famoso e desejado. O fim de um problema gera uma satisfação, e os quesitos buscados pelo cliente são justamente: solução, satisfação e benefício.

Por exemplo, produtos de procedência estrangeira, de marcas muito conhecidas, geram euforia e desejo de compra. A possibilidade e facilidade de comprar em moeda nacional é um grande atrativo para os compradores e uma grande oportunidade para os lojistas. Pense nessa possibilidade!

Para produtos mais genéricos, temos a China, que é um grande mercado para importação de qualquer coisa que você quiser revender!

Um bom planejamento requer que se pense bastante no que revender e se vale a pena revender de um tudo ou, então, especializar-se em um nicho. É importante analisar como está o mercado e o que o público está buscando nas lojas virtuais. É enfoque no nicho.

Nicho de mercado

São segmentos de públicos onde suas necessidades específicas são exploradas. Identificar um tipo de público-alvo pode proporcionar um diferencial significativo para sua loja.

Explorar um nicho do mercado pode ser o segredo do sucesso. Escolher um tipo de produto muito desejado por um segmento de consumidores é uma prática muito usual nos dias de hoje e que gera empatia pelo público.

Mas, ainda assim, o produto deve possuir algumas características que tragam vantagens ao revendê-lo à distância, como por exemplo:

  • Baixo volume cúbico: quanto menor o produto, menos espaço ocupa, mais fácil é o transporte.

  • Baixo peso: quanto mais leve, menos frete e mais fácil de manusear.

  • Alto valor agregado: quanto mais valor agregado, maior será o lucro, pois as margens serão menos corroídas pelos custos.

  • Competitividade: produtos com maior concorrência são prato cheio para os pesquisadores de preços. Seu produto vai passar por este percalço, já que não é exclusivo. Aqui entra seu poder de planejamento financeiro.

  • Concorrência: pesquisar no Google e nos comparadores de preços para observar o número de lojas que oferecem produtos similares e fazer uma avaliação.

  • Frequência de compras: produtos frequentemente negociados são ótimos para e-commerce.  É só identificar os padrões de compra e negociar com os fornecedores e ver sua renda florescer.

Sugestões de mercadorias

Para se ter uma ideia dos produtos mais procurados pelos consumidores em 2016 no Mercado Livre, segundo matéria da Época Negócios, foram os seguintes:

  1. Acessórios para veículos: o brasileiro gosta muito de carro e de cuidar desse “membro da família”.
  2. Decoração para casa: a toda hora tem gente querendo arrumar a casa, trocar ou modernizar a decoração.
  3. Roupas, bolsas e calçados: estes ítens são ótimos para revender e existem muitas opções de nicho.
  4. Celulares e telefones: os smartphones, por exemplo, já são itens de primeira necessidade!
  5. Equipamentos de informática: vivemos na era da tecnologia, portanto, para estar conectado, todos já sabem que é preciso investir em novos apetrechos sempre.
  6. Beleza: foco no visual é importante e todos são clientes em potencial, não importa a idade, o sexo ou classe social.
  7. Áudio, vídeo e eletrônicos: TV – Home Theater – Sound Bar – Caixas de som. São itens meio volumosos, mas, dá-se um jeito.
  8. Esportes: muita gente busca a saúde e a boa forma. Pode-se vender mini cama elástica, kit de extensor, corda de pular, tornozeleiras, squeeze e muito mais.

Você deve ter reparado que em nosso artigo sobre Ideias para lojas virtuais e na pesquisa acima, os produtos citados como em primeiro lugar de vendas não são os mesmos. Isso reflete a grande gama de público e mercado de vendas a ser explorado. Um item pode vender mais que outro em certo momento, mas isso não quer dizer que sua loja deve obrigatoriamente vendê-lo.

Há clientela para tudo, basta escolher o que faz mais sentido para sua loja e seu público-alvo, mas, principalmente, que você entenda e goste, assim fica mais fácil ter sucesso!

Diante de tantas possibilidades, é preciso avaliar bem o custo e a lucratividade no momento de escolher revender produtos em sua loja virtual. Saber que, como não é exclusividade da sua loja, a concorrência será grande e, portanto, planejamento é tudo! Boas vendas! 😉