e-mail marketing |

Fazendo Gelatina: Como fazer uma estratégia de conteúdo em três passos

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"Na s\u00e9rie 'Fazendo Gelatina', a gente simplifica tudo

Keslen Deléo

Keslen Deléo

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"Na s\u00e9rie 'Fazendo Gelatina', a gente simplifica tudo a tr\u00eas passos. Porque nada \u00e9 t\u00e3o complicado que n\u00e3o d\u00ea pra voc\u00ea fazer!"]">Na série ‘Fazendo Gelatina’, a gente simplifica tudo a três passos. Porque nada é tão complicado que não dê pra você fazer!

Implementar uma estratégia de marketing de conteúdo eficiente pode ser um desafio. Ter as boas ideias, desenvolver o conteúdo e distribuí-lo bem dá trabalho. E, aí, muitos negócios acham que não dá tempo ou que não têm os recursos suficientes pra fazer isso.
Mas resumimos a coisa toda em três passos, para que os e-commerces consigam pensar em uma estratégia eficiente para ter bom conteúdo e se dar bem. Vê só como, no fim, é simples:

1. Desenvolva uma boa peça de conteúdo para começar

Embora ideias brilhantes precisem existir para que qualquer estratégia de marketing funcione, você não precisa ter um milhão de ideias brilhantes de uma vez só.
Não é necessário produzir conteúdo original todo dia ou toda semana. Mas você precisa desenvolver uma boa peça, de conteúdo consistente, e aí pode expandir ou reformatar ela pra outros lugares. Isso pode dar conta da sua demanda editorial por algumas semanas. Essa peça de conteúdo consistente pode ser um guia, um ebook, uma revista, algo assim, que sirva de fundamento. Aí, você pega as partes úteis que estão todas agrupadas lá e divide-as em posts, tweets, pins etc.
Um exemplo é o da Herschel Supply, que vende equipamento para viagem. Ano passado, eles lançaram o The Journal, uma publicação bianual que contém artigos, entrevistas, fotos lindas e que mostra todo o conceito da marca e seus produtos em contexto, com aplicações práticas. Aí, eles não só têm uma publicação lindona e bem feita, mas também podem gerar posts baseados nesse conteúdo.

2. Repagine esse conteúdo de várias formas

Depois que você já tem o conteúdo principal, é hora de quebrá-lo em partes menores e distribuí-las. Aí, vai depender de qual é o seu negócio e qual foi o conteúdo que você desenvolveu, mas os jeitos mais comuns de fazer isso são:
Posts de blog e artigos: monte partes do conteúdo original ou aumente alguma seção pra produzir artigos que podem ser publicados no seu blog ou em outros, como guest posts.
Imagens: Pra postar no Instagram, Facebook e Pinterest. Além disso, você pode pegar citações e fazer aquelas imagens (que todo mundo compartilha em toda rede social).
Vídeo: Se o conteúdo original tem alguma parte com instruções, você pode fazê-las em formato de vídeo.
Depoimentos/reviews: Se você entrevistou pessoas, pode usar o que elas falaram como quotes, pro Twitter, por exemplo.
Infográficos: Publicou alguma pesquisa ou estatística? Crie infográficos com esses dados pra compartilhar com o pessoal.
Newsletters: O conteúdo que você fez lá no começo pode ser disponibilizado em muitas newsletters para as pessoas que seguem sua marca.

No exemplo do The Journal, que a gente usou, o conteúdo daquela publicação deu origem a muitos posts do Instagram, Pinterest, do blog etc.
Mas só porque você pode redirecionar esse conteúdo pra todo e qualquer site existente, não significa que você deva fazer isso. Como você está buscando eficiência, fique só nos canais e redes sociais que o seu público costuma utilizar. Por exemplo, se seu público não está no Instagram ou no Vine, você não precisa postar lá tão frequentemente.

3. Analise e repita

Analise cada peça de conteúdo que você monta e refine tudo baseado nas informações de tráfego, conversão e engajamento. Alguns canais ou algum tipo de conteúdo funciona melhor que os outros? Refine o processo e procure feedback que você possa usar. Por exemplo, se alguém faz uma pergunta legal nos comentários, considere fazer um artigo que responda a essa pergunta. Ou, se seu ebook ou seus produtos recebem boas reviews, use trechos delas em tweets, pra dar mais visibilidade para a sua marca.

Fonte: http://bit.ly/1kAReEI