dicas e-commerce de bebê |

Está na hora de abrir o seu e-commerce de produtos de bebê!

Esse é um segmento de e-commerce promissor! Existem situações na vida que mudam completamente o rumo da nossa história. Foi mais ou menos isso que aconteceu com a Jackeline Niehues.

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Ao ficar grávida ela decidiu que faria todo o enxoval do filho nos Estados Unidos. Por lá, se surpreendeu com a quantidade de coisas interessantes e inovadoras que são oferecidas para os bebês (esses seres tão pequenininhos, mas que têm tantas exigências).

Após dar à luz, em 2012, ela chamou a amiga, Elisa Machado, para uma conversa. Relembrou aquela tal viagem para os EUA e disse que estava visualizando uma oportunidade de negócio. As duas, então, começaram a trabalhar para abrir uma empresa.

Nascia aí um negócio de ouro: o Babydeas. A ideia delas é muito simples. A dupla vende para as farmácias e lojas de bebê apenas quatro produtos que custam no máximo R$100. São eles: um adesivo que monitora a temperatura do bebê (Termo Friends), uma pulseira que alivia o enjoo tão comum durante a gravidez (Sea Band), um aspirador nasal para os bebês (NoseFrida) e uma cola natural que serve para grudar acessórios no cabelinho dos pequenos (Girlie Glue).

Simples, né?! Pois então saiba que o faturamento anual delas é R$750 mil (já imaginou que bacana faturar todo esse dinheirão?).

Esse é apenas um exemplo de um nicho que vai crescer muito, muito mais! Para você ter ideia, a cada ano 3 milhões de bebês nascem no Brasil. Cada um deles vai precisar de roupinhas, fraldas, sapatos, chupetas e mamadeiras. Não estaria aí uma grande oportunidade de negócio?

Se você tem vontade de abrir um e-commerce, fica aí uma dica de segmento.

Quer abrir uma loja virtual de produtos de bebê, mas não sabe por onde começar? Clique aqui e conheça a minestore. 😉