dicas de fotografia |

Dicas de como fotografar roupas

Veja dicas de como fotografar roupas para vender em sua loja virtual e despertar o interesse dos clientes por peças tão bonitas pela foto quanto pessoalmente

Sueida Johann

Sueida Johann

Veja dicas de como fotografar roupas para vender em sua loja virtual e despertar o interesse dos clientes por peças tão bonitas pela foto quanto pessoalmente

Em uma loja virtual de roupas, quando o cliente gosta de uma peça, infelizmente não é possível que ele a experimente e sinta o tecido ou o caimento em seu corpo. Então, aplicar dicas de como fotografar roupas para se manter atualizado(a) é a solução para despertar no cliente a vontade de comprar e tentar simular a experiência que se tem ao vivo, por meio de fotos bem feitas.

Lembre-se que em um e-commerce a imagem é a força motriz que move toda a estrutura. É para ela que os clientes olharam antes da descrição e do preço. O produto que está sendo oferecido deverá ser mostrado na sua integralidade, em suas cores, em seu formato e qualidade.

Vamos começar com 3 dicas básicas na hora da foto:

Utilize um(a) modelo real: As fotos precisam transmitir ao cliente todos os pontos positivos que a peça de roupa possui, mostrando os detalhes, o acabamento e como a peça fica no corpo de um modelo vivo. Só assim é possível o cliente ter a ideia de como a roupa vai se “comportar” no corpo. Afinal, cada peça possui um corte específico.

O estilo do(a) modelo e da loja: Na escolha do(a) modelo, é preciso que seja alguém que represente o estilo da sua loja virtual e das suas roupas de forma genuína. É interessante que o(a) modelo consiga transmitir com naturalidade a beleza das roupas. Uma dica aqui também é escolher uma pessoa cujo perfil seja muito semelhante ao do seu público.

Cuidado com as poses: Na hora da foto, cuidado com poses muito básicas e sem graça, que não revelam a roupa, assim como, as poses muito extravagantes tiram a beleza da peça e também não ajudam a vender, pois tiram a atenção do produto para focar no(a) modelo. Prefira posições que destacam a beleza e que mostrem como a roupa pode ser na vida real.

Mais dicas preciosas

Na hora das fotos, o lojista pode escolher entre contratar um fotógrafo profissional ou tirar as fotos ele mesmo, tudo vai depender da disponibilidade financeira e do seu orçamento. Caso a opção seja por contratar um profissional, este já sabe os segredos para tirar uma boa foto e tudo será mais fácil.

Mas, se você decidir colocar a mão na massa, então aprenda alguns truques da fotografia para destacar os atributos da roupa. Para fotografar, é possível usar uma máquina fotográfica profissional dSLR, semiprofissional, ou até a do celular, se for um aparelho bom.

Captação de imagens

Quando a grana está curta, a criação de um estúdio doméstico é a melhor opção porque proporciona flexibilidade, diversificação, originalidade e aguça a criatividade. Fica bem mais em conta. Com uma câmera, três fontes de luz, um cenário com fundo branco e um tripé para fixar a máquina você já tem o que precisa.

Se você pesquisar por ajuda no YouTube, verá diversos vídeos legais que ensinam a fotografar seus produtos em casa. Encontramos, por exemplo, o vídeo abaixo que corrobora com algumas dicas que queremos destacar neste artigo:

A captação das imagens deverá ser feita de vários ângulos, configurando o ISO (que diz respeito à sensibilidade do sensor da câmera à luz) e calibrando a máquina para o resultado esperado. Atenção com a qualidade da iluminação: quanto melhor e sem sombras, menos trabalho você terá no tratamento das imagens.

O tamanho de arquivo de todas as fotos da sua loja virtual deve ser o mesmo. Assim como as poses, a maneira de apresentar a roupa, o fundo da foto, tudo isso deve estar harmonioso para que uma fotografia não se destaque demais ou de menos e para que uma roupa não acabe perdendo vendas porque a foto ficou com qualidade inferior à de outras peças.

Resolução

Para saber: a qualidade da fotografia é o resultado de vários atributos com que a imagem foi captada. Podemos dizer que a qualidade é “percebida” facilmente pelo consumidor. A resolução é o tamanho total  de pixels (menor ponto) de uma imagem . Portanto, quanto maior a resolução, maior a possibilidade de zoom sem distorcer o conteúdo da foto.

Quando a resolução é baixa, chega um ponto em que as bordas/contornos do produto ficam completamente sem definição. Então, em fotos com alta resolução você poderá trabalhar e apresentar os detalhes das peças com muito mais facilidade.

Uma foto de qualidade que tem boa resolução, nitidez e é bem feita, é “percebida” como de qualidade por ter boa produção, entende?

Então, quanto mais resolução, melhor? Não é bem assim. Chega um ponto que você só vai deixar os arquivos das fotos muito gigantes e pesados.

Passo a passo

Um exemplo de sessão de fotos amadoras poderia ser da seguinte forma:

  1. Fotografar com uma resolução bem alta. No celular, por exemplo, com a melhor possível;
  2. Não usar o flash do celular;
  3. Garantir uma boa iluminação com luz incandescente (aquela amarelada) e não branca, com pelo menos 3 pontos. A luz incandescente é mais parecida com a luz natural, por isso sempre é melhor;
  4. Tirar muuuitas fotos para pecar por excesso e não por falta;
  5. Depois gastar um tempo para escolher as melhores;
  6. Uma vez escolhidas, exportar as fotos para resoluções menores, adequadas ao uso online. Normalmente programas como Photoshop, GIMP e semelhantes têm ferramentas para otimizar (reduzir) o tamanho dos arquivos gerados e manter a resolução;
  7. Carregar as fotos na loja e fazer muitos e muitos testes. Testar no computador, no celular e no tablet. A ideia é conseguir testar o máximo de possibilidades para ter ideia de como as fotos vão ficar na sua loja.

Exagerar na resolução, sobretudo nas fotos que vão pro ar,  vai deixar os arquivos das suas fotos muito grandes, o que prejudica na hora de carregar a foto no site da loja. Recomendamos também eliminar o fundo branco, deixando-o transparente e salvar as fotos em formato PNG. O fundo transparente é uma dica joinha porque, salvo você tenha um fundo bem legal, o fundo transparente vai funcionar com qualquer tema, com qualquer fundo colorido, entende? Se não entendeu, deixe suas dúvidas nos comentários.

No momento de salvar as fotos, use o nome e modelo do produto, por exemplo, para uma camisa listrada, o arquivo será Camisa-Social-Listrada. Desta forma, fica mais fácil para você gerenciar o monte de fotos/arquivos que será gerado.

Como estamos falando de roupas, as fotos com closes, no caso de tecidos, são muito importantes. O close mostra a qualidade da roupa e torna a experiência mais completa pois é possível visualizar a peça de pertinho, além de dar uma boa ideia da textura do material.

E não tenha medo de melhorar ainda mais as fotos utilizando programas de manipulação de imagens, como o Photoshop. Retoques e eventuais correções nas imagens, como na luminosidade ou contraste, podem ser feitas sem problemas. Mas não exagere! Cuidado para não modificar tanto a imagem e resultar em algo que não seja verdade. O seu consumidor pode reclamar quando receber o produto.

Esperamos que essas dicas possam auxiliar você lojista na hora da sessão de fotos para a sua loja virtual. E, veja só, temos mais alguns artigos relacionados ao tema, que vão ajudar ainda mais: Como tirar fotos de produtos: guia rápido!; 6 dicas para ter fotos incríveis na sua loja virtual; E-commerce de moda. Como vender roupas pela internet e Como usar a psicologia das cores na sua loja virtual 😉