e-commerce |

Conheça os resultados da 2ª Pesquisa Nacional do Varejo Online

Promovida pelo Sebrae e pelo site E-Commerce Brasil, a pesquisa traz dados interessantes sobre o cenário do e-commerce brasileiro Nos dias 28 e 29 de julho, São Paulo recebeu o Fórum E-Commerce Brasil

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Promovida pelo Sebrae e pelo site E-Commerce Brasil, a pesquisa traz dados interessantes sobre o cenário do e-commerce brasileiro

Nos dias 28 e 29 de julho, São Paulo recebeu o Fórum E-Commerce Brasil 2015, maior evento de comércio eletrônico da América Latina. No total, mais de sete mil profissionais puderam conferir apresentações de cases, rodadas de mentorias e palestras sobre vendas, atendimento, tecnologia e logística do e-commerce (moral: todos aqueles assuntos que a gente precisa saber para ter uma loja online incrível!).

Um dos tópicos apresentados durante o evento foi o resultado da 2ª Pesquisa Nacional do Varejo Online, promovida pelo Sebrae e pelo site E-Commerce Brasil. Para chegar aos dados, mais de 800 pessoas foram entrevistadas através de um formulário online.

Os dados são tão interessantes que decidimos compartilhar aqui com você. Confira!

De acordo com a 2ª Pesquisa Nacional do Varejo Online, a maior concentração de lojas virtuais está nas regiões Sudeste (58%) e Sul (25%). O Nordeste fica em terceiro lugar, respondendo por 10% dos e-commerces do Brasil.

sede-dos-ecommerces-no-brasil

Já os estados que mais compram de lojas virtuais são São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Se você quer abrir um e-commerce, mas ainda não sabe muito bem em qual área, este dado certamente vai te ajudar: os segmentos que mais estão em alta são o de moda (33%), o de casa e decoração (19%) e o de informática (12%).

Principais-segmentos-de-atuação

Os entrevistados compartilharam quais são os canais mais usados na hora de se comunicar com os clientes. Em primeiro lugar ficou o e-mail (96,5%), seguido pelas redes sociais (73,6%).

principais-canais-de-atendimento-no-ecommerce

Um outro ponto muito interessante apresentado pela 2ª Pesquisa Nacional do Varejo Online foi o custo de 3,5% de logística reversa (quando o consumidor deseja trocar o produto por algum motivo). A maior parte das trocas é feita porque a compra tem o tamanho e a cor incorretos.

logistica-reversa

Dicas da minestore:

A melhor parte dessas pesquisas é que você, lojista, pode usar os dados apresentados a seu favor!

Por exemplo:

1- Ao saber que a maior parte das trocas é feita porque os produtos têm a cor ou o tamanho diferentes do esperado, você percebe que descrever todos os detalhes é muito importante.

Da próxima vez que for colocar as informações, meça com cuidado cada parte da peça e coloque fotos bem tiradas. Você vai ter um trabalhão para fazer isso, mas o esforço vai ser recompensado!

Por aqui, já ensinamos como tirar fotos bacanas dos produtos.

Neste outro post, falamos sobre como fazer descrições excelentes.

2- Ainda falando da troca, é importante que você tome muito cuidado com a descrição dos Termos de Uso e da Política de Trocas e Devolução do seu site. Aqui, ensinamos como fazer isso direitinho.

3- No quesito segmentos que estão em alta você pode se perguntar: “mas como que eu vou fazer para competir em um mercado que tem tantos concorrentes?”. Para descobrir a resposta, é só acessar este artigo.

E você, lojista, tem alguma outra dica para os colegas? Compartilhe com a gente nos comentários! =D

Fonte: (1)