como comprar um domínio |

Como ter um domínio próprio para a sua loja

Que tal um www.sualoja.com.br, hein? Veja aqui como fazer Depois que você monta uma loja virtual, ter um domínio próprio é muito importante – e não estamos falando da capacidade de

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Que tal um www.sualoja.com.br, hein? Veja aqui como fazer

Depois que você monta uma loja virtual, ter um domínio próprio é muito importante – e não estamos falando da capacidade de não assaltar a geladeira enquanto tá fazendo dieta, mas do domínio próprio que te fornece uma URL própria (tipo www.falamaluco.com). Entre as razões pelas quais a gente pode defender a importância de um domínio só para a sua marca, estão a facilidade que isso vai trazer para os seus clientes, principalmente porque unifica o endereço da sua loja e das outras páginas da sua marca (como blog, site etc.); te faz aparecer melhor na busca e em SEO (o que direciona visitantes para a sua lojinha); e dá um visu mais profissa para a sua marca.

O que é um domínio mesmo? (minestore explica: o mundo da informática)

Um domínio, na internet, é um endereço de URL que você usa para acessar uma página específica. Esses domínios são vendidos para as pessoas interessadas; então, você pode comprar o qualquercoisa.com.br se ele estiver disponível (como não lembrar da saudosa pessoa que tem pagado e mantido o site www.pudim.com.br há anos para garantir a melhor webpage brasileira? seja quem for você, amigo do Pudim, obrigado!).

Quando você compra um domínio, ele pode vir com a hospedagem também (um serviço que mantém seu site no ar). Se você estiver comprando um domínio só para a sua loja virtual (e para um blog), a hospedagem não é necessária porque você já terá esse serviço (na sua loja, a minestore cuida da hospedagem; no blog, você pode usar a hospedagem do tumblr ou do wordpress etc.). Você também pode usar o domínio para o serviço de email (como o do Gmail) e aí ter um email contato@sualoja.com.br.

Como comprar um domínio da interwebs?

Primeiro, você deve ir até um dos sites que vendem domínios. São vários por aí, mas dá uma olhada em alguns exemplos:

– o registro.br é onde você encontra todos os domínios .br e .com.br.
– entre os gringos, você tem o hover.com, o namecheap.com e o gandi.net. O legal desses endereços gringos aí é que eles também incluem bem mais opções de TLDs, ou top-level domains.

E o que é um top-level domain, minestore?

Há até pouco tempo, só existiam os domínios .com, .org, .edu, .int etc. Existem ainda os de outros países como .ar, .ms (e aí temos a Pyramid, que usa o pyramid.cc. isso é particularmente legal se você conseguir compor o nome da sua marca no domínio, como em matilhaestud.io). A lista completa dos TLDs pode ser vista aqui. A partir desse ano, vários domínios diferentes foram liberados para a compra, e agora é possível encontrar domínios como .social ou .fish.

Continuando: depois que você verifica se o domínio está disponível (ou testa vários até encontrar um bacana e barato), é só comprar. Você compra ele pelo período de um ano (dá pra comprar pra dois, três, enfim, depende do site e de quanto tempo você acha que vai usar o domínio), e se não renovar depois, outra pessoa pode comprá-lo.

Depois que comprou, você pode usá-lo para o endereço da sua loja na minestore, para o blog, cliente de email… Costuma ser bem simples. E aí, é só divulgar seu endereço novo!