artesanato |

Como montar uma loja virtual de artesanato

Reunimos tudo que você deve saber antes de abrir um e-commerce de artesanato

Redação

Redação

Reunimos tudo que você deve saber antes de abrir um e-commerce de artesanato

Não existe sensação melhor do que ver seu trabalho ser apreciado e reconhecido pelo público. O artesanato muitas vezes começa como hobbie e vai sendo levado mais a sério à medida em que você amadurece seu estilo artístico, conquista uma clientela (ainda que pequena) e traça metas profissionais para transformar sua paixão em profissão. Neste sentido, montar uma loja virtual de artesanato pode ser uma excelente ideia.

Optar por uma loja virtual como canal de vendas é uma escolha prática e certeira, já que o e-commerce é uma plataforma que vai crescendo junto com o seu negócio sem que grandes modificações sejam necessárias. Antes de mais nada, vale lembrar que abrir um e-commerce é uma tarefa bem mais simples e econômica do que pode parecer. Não é preciso ter conhecimento vasto em tecnologia para fazer seu negócio dar certo. Na verdade, o processo todo é muito intuitivo e a gente promete que leva bem menos tempo para ser feito do que qualquer peça de artesanato.

Você pode começar com um dos nossos templates pré-definidos e personalizá-lo para que fique com a cara do seu negócio. Lembre-se de que a personalização é uma etapa importantíssima, já que você está vendendo um produto feito à mão, ou seja, igualmente personalizado. Na era da segmentação, o artesanato tem a vantagem de já ser um nicho naturalmente exclusivo, com público-alvo bem definido. Aproprie-se desse diferencial para fortalecer o relacionamento da sua loja com os consumidores: gere conteúdo relevante, crie promoções e adote uma linguagem que realmente converse com os clientes.

Quer saber mais?

A personalização também deve existir em outras etapas da experiência de compra, como atendimento e até mesmo embalagem. Faça com que tudo seja coerente dentro do seu e-commerce. Se você vende produtos sustentáveis, por que não criar uma embalagem feita com papel reciclado? Ou ainda: por que não substituir as motos por bicicletas na hora da entrega? Tudo isso pesa imagem que o cliente tem da sua marca e acaba refletindo diretamente nas vendas.

Investir em redes sociais, email marketing e blog também é interessante para fazer com que sua loja seja lembrada e você alcance clientes no país todo. Com a quantidade de informação existente na internet, é muito difícil atingir seu público-alvo sem uma boa estratégia que englobe Facebook, Instagram, Twitter e o que mais estiver de acordo com o perfil da sua marca. Uma boa ideia é criar um blog para compartilhar fotos e textos sobre o processo de produção artesanal. Quem se interessa por produtos desse estilo geralmente também vai se interessar pela parte criativa que está por trás.

E não é só isso:

Outra dúvida frequente de quem está entrando no mundo do e-commerce é em relação às opções de pagamento. Existem diversas opções seguras para realizar pagamento online, e mesmo que você não  esteja familiarizado com elas, pode ter certeza de que o seu cliente já está. Você pode optar pelo PayPal, cartão de crédito, transferência bancária, boleto ou qualquer outro site especializado em transações de compra e venda. De qualquer forma, o valor referente aos produtos chegará à sua conta bancária apenas alguns dias após a venda ter sido concluída. Ofereça o máximo de opções de pagamento que puder: a ideia é que seu cliente possa escolher como se sente mais confortável.

Ficou com alguma dúvida? Converse com a gente e vamos encontrar o melhor caminho para seu negócio!