|

Classe B será responsável por 43% das compras de Natal feitas pela internet

O grupo que ficou em segundo lugar no estudo foi a classe C, com 34% das movimentações, seguido pela classe A, com 14%. Ficar de olho em pesquisas e estudos publicados por grandes

Keslen Deléo

Keslen Deléo

O grupo que ficou em segundo lugar no estudo foi a classe C, com 34% das movimentações, seguido pela classe A, com 14%.

Ficar de olho em pesquisas e estudos publicados por grandes empresas é uma excelente maneira de entender o perfil dos compradores da internet (sem que você precise gastar nada por isso!). É por esse motivo que nós sempre procuramos publicar análises interessantes aqui no blog da minestore.

Uma pesquisa realizada pela empresa TVxtender traçou o perfil dos brasileiros que pretendem fazer as suas compras de final de ano pela internet. De acordo com esse estudo, a classe B vai ser o grupo responsável pela maior movimentação de dinheiro durante o Natal, totalizando 43% das vendas!

O grupo que ficou em segundo lugar no estudo foi a classe C, com 34% das movimentações, seguido pela classe A, com 14%. Acredita-se que o tíquete médio das compras realizadas será de R$155.

Em relação à idade dos consumidores, as pessoas entre 28 e 37 anos são responsáveis por 38% das compras, seguidas pelas de 38 a 47 anos, que representam 28% dos compradores.

Outro dado interessante levantado pela pesquisa é um ponto que nós comentamos com frequência aqui no blog: o brasileiro está cada vez mais propenso a interagir com as lojas virtuais através dos dispositivos móveis. No quesito pagamento, 53% dos entrevistados afirmam usar cartão de crédito nas transações, enquanto apenas 18% optam pelo boleto bancário.

Os homens serão os maiores responsáveis pelas compras de final de ano realizadas pela internet, ficando com uma fatia de 54% (enquanto as mulheres ficam com 46%). Desse público, 64% mora na região Sudeste, enquanto as regiões Sul e Nordeste empatam no segundo lugar, com 13%.

Por fim, a pesquisa realizada pela TVxtender demonstrou que existem dois perfis diferentes de webshoppers. O primeiro deles é o “mouse potato”, que representa as pessoas extremamente conectadas, que têm o hábito de fazer tudo pela internet e que compram frequentemente através de lojas virtuais. No momento da compra, elas têm o costume de recorrer aos seus sites de compra favoritos. O outro perfil desenhado pela empresa é o “usuário de oportunidade”, que representa os compradores que não têm o hábito de comprar com frequência em e-commerces, mas que recorrem à internet quando precisam fazer pesquisas de produtos mais caros e acabam finalizando as compras no ponto de venda físico.

Fonte: (1)