como vender online |

Como vender mais online divulgando sua loja no Facebook

Bom dia, faces: você ainda vai precisar de uma fanpage para sua loja Sua loja virtual está pronta, e tá na hora de todo mundo conhecê-la e comprar seus produtos. O próximo passo,

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Bom dia, faces: você ainda vai precisar de uma fanpage para sua loja

Sua loja virtual está pronta, e tá na hora de todo mundo conhecê-la e comprar seus produtos. O próximo passo, depois de deixar sua lojinha zero bala, é divulgá-la bastante. E o modo mais fácil e rápido de mostrar seu trabalho para todo mundo é ir onde todo mundo está — aqui na interwebs, esse lugar é o feici. Veja algumas dicas que preparamos para você divulgar sua loja através de uma fanpage:

Diferencie sua página pessoal e sua fanpage

Principalmente no começo, o seu perfil no Facebook vai ser o principal canal de divulgação da sua marca, até porque é por ele que você vai divulgar a fanpage que acabou de criar. Mas é muito importante entender que a fanpage e seu perfil são um pouco diferentes quando se trata de divulgar sua loja virtual. Isso evita que você perca amigos porque fica floodando eles todo dia com 50 posts sobre a sua loja.

No seu perfil pessoal (em que, provavelmente, você terá mais amigos e, portanto, um alcance maior no começo), vale postar fotos do making of da loja e dos seus produtos, o dia a dia da loja, projetos paralelos que têm a ver com a marca e influências/inspiração.

Sempre fazendo um link para a fanpage ou para a sua loja, você pode também divulgar produtos novos assim que eles são lançados. Outra parte ótima do perfil pessoal é que você pode fazer várias pesquisas para saber quais serão os próximos produtos e que direção sua loja pode tomar. Mas, não esqueça: seu perfil continua sendo sua página pessoal. É legal não queimar o filme, mas você pode postar coisas da sua vida, como sempre.

É muito simples criar uma fanpage: você só precisa de boas imagens (é legal pensar numa versão de logo mais "light" para ficar como imagem principal e uma cover photo que converse com ela) e um texto bem legal para o about me. É uma chance boa de você contar a história da loja e da marca, quando surgiu/por que, o que defende, enfim. E a linguagem e persona que você vai criar para fazer todas as postagens tem que estar de acordo com esse about me o tempo todo! Isso significa que você não deve dizer que é honesto/se preocupa com os clientes se suas postagens, sua loja ou seu relacionamento com os compradores mostram o oposto.

Depois, você tem acesso ao Insights e pode gerenciar toda a fanpage de um jeito bem fácil. Descobre ainda quais posts fizeram mais sucesso, o que ajuda a planejar o conteúdo daí pra frente.

Faça um plano de conteúdo

Você precisa pensar numa "persona": se sua marca fosse uma pessoa, como ela seria? Homem, mulher (andrógino?), jovem, sério, descontraído? Aí, quando você for escrever qualquer coisa na fanpage, pense em como essa pessoa escreveria e faça o possível para adequar sua linguagem a isso. Além disso, é legal fazer um plano de conteúdo (que pode ser até um documento no bloco de notas) com coisas que você postaria (quais assuntos, qual tom) e seguir esse plano, depois, vendo o que faz mais sucesso e o que tem mais alcance.

Agende posts

Não, você não precisa ficar logado no Facebook 24h por dia (apesar de que tem gente que nem se importa, né?).* É possível agendar posts com serviços como o Hootsuite*, e também há vários vídeos explicativos sobre como agendar posts. Nessa parte, é crucial conhecer seu público-alvo e saber em que dias e horários essas pessoas estão online. Assim, você garante que o máximo de pessoas veja sua publicação.

Segmente seu público e dê um dinheirinho para o Zuckerberg

O Facebook diminuiu o alcance orgânico dos posts de fanpages recentemente. Isso quer dizer que, se você não pagar por anúncios dentro da rede social, o alcance dos seus posts será de 1 a 2% do total de likes da sua página – a menos que muitas pessoas comentem, compartilhem e se engajem com o conteúdo, o que aumentará o alcance dele. Surgiu bastante controvérsia sobre o alcance pago do Facebook, porque há quem diga que os likes que sua página consegue quando você paga por anúncios não geram nada mais que números (tipo, um pessoal de Bangladesh dando like na página de um café no interior de MG – o que eles têm a ver com o público-alvo desse café?).

De qualquer maneira, os anúncios pagos do Facebook ads podem contribuir bastante para aumentar o tráfego da sua fanpage e fazer com que mais pessoas conheçam sua loja. Quando você monta um anúncio, pode segmentar o público para o qual ele será veiculado – por exemplo, fazer com que o anúncio de uma loja de camisetas seja mostrado principalmente para jovens, de 18 a 23 anos. Isso é possível, e te deixa bem mais próximo do seu público-alvo (não precisamos lembrar aqui, novamente, que você precisa saber para quem quer vender, né?).

Faça uma promoção aqui ou ali

Você pode ter estratégias diferentes para quem assina o email marketing, para quem visita a loja ou para quem é fã no Facebook. O legal do feici é que você pode construir uma comunidade de usuários que adoram sua marca. E, daí, é muito importante valorizar esses usuários e oferecer vantagens que eles só terão por ali. Vale fazer uma promoção do tipo curta/compartilhe/concorra, oferecer cupom de desconto para a sua loja ou divulgar histórias de clientes e de como seu produto os ajudou (reviews são poderosíssimas!).

Fontes (legais): aqui (em inglês) e aqui (em português)