cadastrar produtos |

Como descrever bem seus produtos e vender mais online

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"A descri\u00e7\u00e3o \u00e9 a alma da propaganda

Keslen Deléo

Keslen Deléo

<span data-sheets-userformat="[null,null,769,[null,0],null,null,null,null,null,null,null,1,0]" data-sheets-value="[null,2,"A descri\u00e7\u00e3o \u00e9 a alma da propaganda \u2013 e a propaganda \u00e9 a alma do neg\u00f3cio!"]">A descrição é a alma da propaganda – e a propaganda é a alma do negócio!

Antes de começar esse guia, gostaríamos de lembrar que nenhuma descrição, até o fim dos tempos, será melhor que a feita por esse simpático cãozinho Shiba na interwebs:

Contudo, como a minestore não suporta descrições feitas em comic sans em cima das fotos – e, além disso, grande parte do efeito está em usar palavras em inglês – separamos algumas dicas para você escrever boas descrições para os produtos que vender com a gente. Afinal, uma boa descrição é meio caminho andado quando você está vendendo alguma coisa pela internet. Lembre que não é possível, para seu comprador, manusear o produto (o clássico ver com a mão) e, por isso, ele precisa conhecer todas as especificações pra ter certeza de que é o que ele quer comprar.

– Ao descrever seus produtos, evite expressões batidas como “alta durabilidade” ou “design inovador”. Esses clichês normalmente são ignorados e você acaba desperdiçando o espaço da descrição com coisas que as pessoas vão ler sem prestar atenção nenhuma.

– Para adequar a linguagem que você está usando no texto, pense no seu consumidor ideal. Como ele fala? Que expressões usa? (tá ligado?) O ideal é aproximar seu discurso do consumidor, para falar mais diretamente a ele. Mas isso exige muito cuidado, porque dá pra perceber quando o pessoal tá forçando a barra (é bem tiro no pé).

– As pessoas não compram só produtos – elas compram também as experiências e coisas que poderão fazer com aquilo. Então, se você conseguir deixar claro não só o que é o seu produto, mas como a vida de quem comprá-lo vai melhorar, pontos para você! Para isso, você vai usar bastante verbos e adjetivos que façam referência a sensações: crocante, fresquinho, aconchegante. Vale até contar alguma historinha; o ponto é transmitir a ~ vibe do seu produto ~.

Superlativos são legais (mas é preciso usar tudo com cuidado, para não ficar hiperbólico ou irônico). Quanto mais itens, mais fácil a leitura – principalmente na primeira vez em que abrem a página do produto, as pessoas dão essa lida-por-cima e é legal ter informações que fiquem fixadas em seu inconsciente (quase mensagem subliminar mesmo). Palavras****separadas por pontos também podem funcionar bem. Fica bem impactante. Legível. Maravilhoso. Sensacional. Such description. Much words. Wow.