dicas de e-commerce |

5 motivos para você investir num e-commerce de produtos naturais

A alimentação natural e práticas saudáveis representam uma boa oportunidade para o e-commerce. Saiba mais nesse post!

Redação

Redação

Você já deve ter notado que os produtos naturais estão cada vez mais presentes nos supermercados, farmácias e até mesmo na internet. São alimentos, suplementos, shampoos e cremes que se transformaram em queridinhos de homens e mulheres, fazendo dos produtos saudáveis uma boa opção para os empreendedores. Mas por quê?

Confira esses 5 motivos que vão fazer você entender o segmento e querer investir em um e-commerce de produtos naturais.

Porque é um mercado em expansão.

De 2009 para cá, os produtos orgânicos estão se destacando muito em nosso estilo de vida. Desde 2014, as vendas de alimentos e bebidas saudáveis chegaram a aumentar 98% no mesmo perío­do e a movimentar 35 bilhões de dóla­res.

Porque a preocupação com a saúde é constante.

A maior parte do público que consome produtos orgânicos e funcionais está em busca de uma vida mais saudável, com qualidade e longevidade. Essas pessoas se interessam por novidades do mercado e estão sempre atrás de novas opções de produtos ou facilidade na hora da compra. Direcionar seu e-commerce para esse segmento e falar sobre saúde pode trazer muita visibilidade.

Porque a prática de exercícios se tornou fundamental.

As atividades físicas estão se tornando cada vez mais essenciais, seja para fortalecer a massa muscular, melhorar a capacidade cardiorrespiratória ou simplesmente para relaxar. Isso tem ajudado a aumentar o interesse das pessoas por produtos que estimulem o desempenho ou tragam mais resultados para o organismo, sem prejudicar a saúde.

Porque a alimentação está mudando.

Dietas e estilos de vida veganos e vegetarianos também estão crescendo muito! Marcas de alimentos, cosméticos e têxteis já estão começando a considerar esses públicos, mas a concorrência ainda é pequena. Posicionar sua loja como um negócio voltado a essas pessoas traz uma grande oportunidade para conversar com consumidores que defendem a vida dos animais, a produção consciente e valores além da alimentação.

Porque você pode trabalhar com nichos.

Além do vegetarianismo e veganismo, você pode direcionar o seu empreendimento ao público que sofre com alguma intolerância a ingredientes comuns da alimentação, como o glúten e a lactose. Esse é um nicho interessante para se trabalhar, já que você pode apostar em uma loja voltada às pessoas que não consomem determinado tipo de alimento, especificar o tipo de produto que vende e ter uma mensagem mais certeira.

Lembre-se de, em primeiro lugar, elaborar um plano de negócios detalhado, entender o mercado e saber exatamente com o que vai atuar. Se ficar com alguma dúvida no processo, deixe um comentário aqui no blog!