storytelling |

4 benefícios do uso do storytelling

Não é à toa que as empresas gostam do storytelling. Ele realmente funciona! Storytelling não é um conceito novo. Contar histórias é algo que está presente desde o surgimento do ser humano! Porém,

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Não é à toa que as empresas gostam do storytelling. Ele realmente funciona!

Storytelling não é um conceito novo. Contar histórias é algo que está presente desde o surgimento do ser humano! Porém, apesar de ser uma atividade pra lá de antiga, ela funciona. Não é à toa que uma série de marcas investem na contação de histórias para garantir clientes apaixonados.

Um artigo publicado no portal Marketing Insider Group apresenta os benefícios que o storytelling pode trazer para uma marca. Nós traduzimos o material para você. Confira!

1. Transmitir personalidade

Storytelling é a plataforma perfeita para que a personalidade da sua marca brilhe. Não através da venda, é claro, mas pelas histórias que você narra ou então que são criadas pelos próprios usuários (ou ainda a combinação de ambas). Nunca tenha medo de deixar que a personalidade da sua marca seja dita em alto e bom som através das histórias.

Apenas lembre-se que você está compartilhando a personalidade da marca, não da equipe da sua loja, ok?!

2. Faz com que a sua loja torne-se a líder

O Country Manager da Jeep no Reino Unido, Damien Dally, diz que “a história na indústria automotiva foi a chave para as campanhas de marketing por muito tempo, especialmente desde o advento das mídias sociais. Ela pode ser metafórica e até simples, como uma viagem, ou algo mais profundo, como transmitir a personalidade dos aventureiros. Colocar a sua marca como protagonista, independente do caso, é essencial”.

Ao fazer isso você garante que a sua marca vai ser diretamente conectada à mensagem. Isso pode fazer com que os consumidores entendam que você vai entregar qualidade e resultados. O storytelling pode até te destacar de concorrentes de mercado.

3. Quociente emocional

Uma boa história é a melhor maneira de atingir o coração dos consumidores. Conte algo que seja real ou pelo menos baseado em fato reais, e faça com que o conto evoque sentimentos e emoções.

“Nós sabemos que manter um lifestyle saudável é difícil para a maior parte das pessoas, então nós inspiramos os nossos clientes com histórias”, conta Terry Asher Moncada, da GymJunkies. “Histórias de pessoas normais que adquiriram novos, histórias de como às vezes nós também temos preguiça ou falta de tempo de ir à academia. Nós não temos medo de ser vulneráveis. Isso atinge os nossos leitores e faz com que eles comecem a agir também”.

Seja genuíno. Seja honesto. Seja real.

“As pessoas sempre amaram boas histórias”, conta Max Tsypliaev, CEO da Comindware. “Os profissionais do marketing usam esse fato em benefícios das empresas. Não escreva histórias falsas e nunca insista que uma história é verdadeira quando todos sabem que ela não é”.

4. Faça com que os clientes sempre queiram mais

Todas as marcas do planeta querem que os clientes voltem “pedindo mais” (sejam mais vendas, mais contato e intimidade com a marca, etc.). Uma maneira de fazer com que os consumidores voltem é através do storytelling.

Rachel Gillett escreveu na Fast Company que “quando nós lemos uma história, não apenas acendemos as partes relacionadas à linguagem no nosso cérebro, mas toda parte relacionada à experiência de fato”. É como se estivéssemos vivendo aquele momento lido no texto.

“Deixe de ser chato compartilhando apenas números”, diz Vasiliy Makritskiy, CEO da Docs.Zone. “Todo mundo tem algum dado interessante para mostrar. Apenas seja um pouco mais criativo em como você pretende dividir essa informação”.

A seguir, você pode conferir um infográfico que explica a ciência do storytelling. Ele é inglês, mas facinho te entender, ok?! =D

onespotscience

Este texto foi originalmente publicado no site Marketing Insider Group. Para acessar a versão original, em inglês, acesse este link.