descrição de produtos |

3 dicas para descrever melhor os produtos da sua loja

Para que o cliente compre seu produto, ele precisa encontrar seu produto. Sua loja ajuda nisso? Uma das regras de ouro do e-commerce diz que para o cliente comprar o produto, ele precisa

Keslen Deléo

Keslen Deléo

Para que o cliente compre seu produto, ele precisa encontrar seu produto. Sua loja ajuda nisso?

Uma das regras de ouro do e-commerce diz que para o cliente comprar o produto, ele precisa encontrar o produto. Isso quer dizer que a navegação pela loja deve ser revisada constantemente, para que o site permita ao cliente encontrar o que está procurando (ou o que não estava procurando, mas descobre que precisa). É possível usar a página do produto como um instrumento bem poderoso de vendas, mas muitas lojas pecam nessa parte quando é tudo lindo, acessível, mas as descrições do produto são tão vagas que desencorajam qualquer um a comprar, por não saber direito o que vai chegar pelo correio.

É essencial que a página do produto tenha fotos bem feitas do que você quer vender. No entanto, nem sempre as fotos são suficientes: é preciso vender o produto na descrição também. Não tem por que não aproveitar esse espaço que está ali, chamando a atenção do seu comprador, certo? Além disso, o e-commerce sempre está em certa desvantagem porque o cliente não pode tocar no produto, ler a embalagem, prová-lo etc. Isso traz ainda mais importância para descrições claras e completas dos produtos.

Há uma explicação mais técnica para essa necessidade: imagine que um cliente está na sua loja, procurando uma canequinha do Chewbacca. Se a caneca do Chewbacca que você tem para vender não está bem descrita, ou se por qualquer motivo o cliente acha que ele tem que pesquisar mais sobre ela no Google, ele pode achar outra canequinha, em outra loja, mais barata. Fuééén, você perdeu uma venda! O ideal é não dar abertura para que o seu cliente tenha que sair da loja, porque pode ser que ele não volte… nunca mais. É importante, também, que ele não compre nada no escuro, porque se chega a encomenda e não é o que ele estava pensando, você tem um cliente insatisfeito que pode não voltar… nunca mais também.

Ok, três parágrafos para colocar na sua cabeça que descrever bem os produtos da sua loja virtual é importantíssimo e vale tanto quanto as fotos bonitas que você vai fazer deles. Mas e agora, como fazer isso? É nisso que vamos tentar te ajudar, agora, com três dicas bem simples e eficientes:

1. Responda perguntas

Tudo bem, é impossível prever todas as perguntas que podem surgir na mente (fértil) dos seus clientes. Mas algumas lojas pecam por não responder o mínimo necessário. Normalmente, os clientes querem detalhes como o tamanho exato de algum móvel, as especificações do tecido de uma peça de roupa etc. Se o seu produto vai cumprir as expectativas estabelecidas por alguém, você deve deixar claro como isso vai acontecer.

Pyramid é um bom exemplo de descrição: eles são bem específicos nas descrições de produtos, incluindo até a gramatura do tecido:

Descrição de produto - Pyramid

2. Vá direto ao ponto

Embora uma prática recomendada seja a de envolver o cliente, na descrição do produto, com uma narrativa breve (tipo “o que você vai poder fazer com esse produto maravilhoso”), ela só é uma dica útil se você tem certeza absoluta do que está fazendo. Isso porque é preciso tirar vantagem do ritmo de leitura das pessoas. A maioria dos clientes, quando passeiam por uma loja virtual, fazem aquela leitura que, em inglês, é chamada skimming (quando você vai “pescando” informações aleatoriamente num texto). Além disso, costumam ler mais as primeiras duas linhas e os começos de parágrafo. Use essas áreas para dar descrições precisas de o que é o seu produto e (de preferência) como ele é utilizado.

As descrições da Pyramid também são bem objetivas: nesse caso, por exemplo, há uma hierarquia de informações com a utilização do negrito para informar que o produto é de liquidação, mas a primeira linha de todas as descrições resume o produto em poucas palavras.

Descrição de produto - Pyramid

3. Ajude a comparar

Comparar várias opções é uma das tarefas que o usuário mais faz quando está comprando online. E, por mais que você conheça seu catálogo de produtos de trás para a frente, não pode garantir que seu cliente vá saber que tem daquela canequinha em sete cores diferentes. Por isso, toda a loja também deve ser bem organizada em categorias para que fique fácil de localizar os produtos similares. Na loja da Pyramid, apesar de não haver links dentro da página de produto que redirecionem para outras opções similares, nas páginas de categorias todos os produtos similares estão lado a lado – o que já resolve esse ponto:

Descrição de produto - Pyramid

Fonte